Como ser a madrinha perfeita

Ser madrinha é estar no ponto máximo da amizade, tenha certeza que você foi escolhida a dedo e que é muito especial para o casal. A grande missão de uma amiga que recebe o titulo de madrinha é ajudar a fazer o dia do casamento ser o mais incrível possível.

Mas você sabe quais suas funções daqui para frente?

Além da torcida sincera para que este casamento seja eterno, ser um ombro amigo nos momentos de dificuldade e prezar sempre pela união do casal, não só durante os preparativos do casamento mas por toda a vida, algumas atitudes que vamos listar vão fazer você se tornar a melhor madrinha que a sua amiga merece:

1. A Escolha

Espere ser convidada oficialmente para madrinha, com um convite impresso, de preferência entregue pelos noivos pessoalmente. Existem algumas igrejas que limitam o número de testemunhas e os noivos acabam descobrindo este detalhe depois da empolgação de convidar mais do que o permitido e terão que diminuir consideravelmente a lista inicial.

Caso seja convidada e não puder estar presente no dia do casamento por qualquer motivo, agradeça e decline o convite para que eles possam se organizar. Outra informação importante é que os noivos podem convidar somente você e não o seu namorado, noivo ou marido. Pergunte sem causar constrangimento, e se não quiser tomar este posto desacompanhada fale abertamente, mas sem magoar o casal.

2. A Documentação

O assunto é sério e para isso você vai precisar passar algumas informações suas para a documentação do casamento, seja ele religioso ou civil. Encaminhe aos noivos o seu nome e endereço completo, local e data de nascimento, profissão e uma fotocópia do seu documento de identidade.

3. Os Presentes

Existe uma tradição de que os padrinhos e madrinhas dão os melhores presentes para os noivos. Porém não significa que isso seja uma regra. Se você tiver condições financeiras de dar um presente caro e com maior durabilidade, ótimo! Se não for este o caso, não precisa se endividar por causa disso.

4. Chás e Despedidas

A menos que a noiva seja controladora e goste de fazer tudo sozinha, você junto com as demais madrinhas podem organizar estas pré-festas como: o Chá de Panela ou de Lingerie, uma “Baratona” (maratona de bares) e a Despedida de Solteira. Consulte a noiva para checar o que ela gostaria de fazer, auxilie na organização da lista de convidados, elabore uma playlist, veja em quais locais poderiam ser feitos, peça os orçamentos dos comes e bebes e também da decoração, selecione as brincadeiras, ou veja pacotes de viagens e entradas de baladas que façam este tipo de festa.

5. O Dress Code

Caso a noiva não diga nada sobre este detalhe, vale perguntar o que ela sugere. Lembre-se que você possui um lugar de destaque, mas o dia é dela! Algumas noivas não gostam e não querem madrinhas de preto nem de branco (válido também para o bege, prata ou off-white). Leve em consideração o local onde acontecerá a celebração e a recepção, a estação do ano e o que fica bem em você e no seu orçamento.

Nos EUA é muito comum que as madrinhas usem a mesma cor de vestido. Aqui no Brasil pode ser que a noiva decida por agir da mesma forma escolhendo uma paleta com cores as quais as madrinhas podem usar. Eu sei que talvez você deteste a cor do vestido que a noiva definiu para as madrinhas ou que você não se sente confortável usando longo. Mas faça um esforço, é do sonho de sua amiga que estamos falando. Não tem dinheiro pra comprar o vestido? Alugue ou peça emprestado. Não gosta da cor? Pense que será apenas por algumas horas.

6. Opiniões

Se você foi escolhida como madrinha pode se considerar no mínimo muito próxima do casal e assim muito a vontade para dar a sua opinião sempre quando for solicitada. É claro que ela conta com o noivo, mas nem todos os homens tem paciência para cuidarem das tarefas nos mínimos detalhes. São muitas as possibilidades, serviços e fornecedores e é comum que a noiva se sinta em dúvida na hora de tomar decisões.
Acompanhe a noiva na prova do vestido, você achar que ele desvaloriza algum ponto dela, seja o mais verdadeira possível, ela confia em você. Lembre-se que ela geralmente tem um orçamento já para este item. Mas nada de avançar os limites e sair resolvendo tudo como se fosse a noiva!
Tenha tato para não dar a sua opinião na hora errada, e saiba manter sigilo de alguns itens que serão surpresa para todos, como o vestido.

 

7. Seja mais que amiga, seja madrinha

Esteja sempre disponível. Madrinha boa é aquela que não desliga o celular 7 dias por semana, 24 horas por dia. Se coloque a disposição para acompanhar em alguma degustação de doces, falar no telefone quando ela precisar ouvir uma voz amiga, mostre que você se importa e ouça sempre, mesmo sendo sempre o mesmo assunto. Dê privacidade e conforto emocional quando as famílias quiserem se intrometer mais do que devem e ainda sem serem chamadas, a TPC (tensão pré-casamento) pode acontecer a qualquer momento, até minutos antes dela subir ao altar, por isso mostre que você se importa e diga que tudo sairá como ela sempre sonhou.
Pense no que a noiva não precisa se preocupar, são detalhes pequenos que fazem toda diferença, como por exemplo levar as daminhas e pajens para passar um dia inteiro brincando para interagirem melhor no dia do casamento e não ficarem tão tímidos.

8. Fotos

Se vocês forem escolhidas para passar o dia no mesmo salão, prepare-se para descontrair e relaxar a noiva. Será um dia de muitas lembranças, ansiedade e muitas lágrimas. Mas cuidado com a maquiagem principalmente se a equipe de fotografia for fazer o making of saiba que a contagem regressiva do casamento já começou. Organize as demais madrinhas, as poses e não ultrapasse o tempo destinado a isso.
Procure saber onde serão as fotos com as testemunhas na cerimônia antes de sair correndo para a festa. E durante a festa oriente a equipe quem são os familiares e amigos mais próximos, para não deixar ninguém de fora do álbum. Aproveite a festa ao máximo, afinal, você faz parte dela, tire foto com a família e convidados, mas cuidado para não ser muito intromissiva e não ficar deselegante.

9. Discursos e Homenagens

Uma festa de casamento já é por si cheia de protocolos, por isso se você pretende fazer alguns desses saiba se isso é esperado pelo casal, mesmo sendo uma surpresa entre em contato com o cerimonialista para saber se é possível e o que você vai precisar (telão, microfone). E mesmo sendo aprovada a sua participação no cronograma, esqueça os slides muito longos e tediosos e os discursos prontos.

10. Seja amiga do cerimonial

Se apresente a equipe que conduzirá o cerimonial e diga que você poderá cuidar de itens importante para os noivos, mas não tente fazer o trabalho deles, a sua missão será se divertir com os noivos e a do cerimonial cuidar dos bastidores e fornecedores, assim como de todo o protocolo da festa. Aproveite as regalias de ser VIP. Geralmente é a cerimonialista que acompanha a noiva ao banheiro, mas a presença de uma ou duas amigas é importante para não acontecer nada ao vestido, e para aproveitar este tempo atualizando a noiva dos acontecimentos da festa, mas nada de demorar muito. Leve em sua bolsa, já que a noiva não terá uma consigo durante a festa, o batom da cor da maquiagem, um pó translucido para tirar o brilho e uma bala de hortelã para deixar o hálito dela mais saudável.

11. DIY – Do It Yourself (faça você mesmo)

A noiva resolveu fazer tudo por conta própria. Ajude, participe e curta estes momentos com ela. Então, espere até ser requisitada para que vocês façam juntas o laço das lembrancinhas, consigam os endereços dos convidados ou resolvam o quebra-cabeças complicado do plano de mesas.

12. Curta a festa até o último minuto

Você deve ajudar a manter o astral da festa lá em cima até o fim, convidando a todos para dançar, se revezando com outras madrinhas para que a animação nunca tenha intervalos.
Nos casamentos as pessoas aproveitam muito, dançando demais, comendo e bebendo álcool demais. Sugira as outras madrinhas que não exagerem para poder aproveitar a festa sem passar vergonha, muito menos nos vídeos e fotos do casamento. Lembre-se que as madrinhas também têm um destaque na festa e estão sendo observadas.

13. O Dia “C”

Não se atrase. Marque o seu salão horas mais cedo para ser mais que pontual neste dia, e caso ocorra algum imprevisto ao chegar no casamento procure o cerimonial imediatamente.

14. Depois da festa

E depois da festa? Acabou? Não! Os noivos irão para a lua de mel, levá-los ao aeroporto pode ser uma forma carinhosa de ajudar e de fazer com que eles se preocupem só com as malas! E depois da lua de mel, continue presente participando da vida de casado deles!